Categorias
Sabedoria Ancestral

RELÓGIO CÓSMICO

A medicina chinesa, se estudada, provavelmente não parará nunca de te surpreender. São tantos detalhes e tantas descobertas referentes ao corpo humano que são capazes de nos deixar perplexos e até nos fazer perguntar como nunca tínhamos pensado nisso. Pois bem, a sabedoria milenar também usa um relógio cósmico para explicar o funcionamento do nosso corpo e, principalmente, para cuidar dele de uma melhor forma.

O relógio cósmico, segundo a medicina chinesa, basicamente significa a indicação de que a cada hora do dia uma parte do nosso corpo estará em plena atividade energética. Obviamente, temos um ciclo de energia percorrendo todo o nosso corpo durante o dia, mas em determinados períodos esta energia se expande de forma significativa em determinadas áreas. Seguindo este relógio cósmico, a medicina sabe como aplicar da melhor forma e em melhores horários práticas como a acupuntura, massagens e até mesmo ter indícios de que determinado órgão não funciona como deveria – se a reclamação do paciente for de dor ou indisposição sempre na mesma hora do dia.

A energia inicia seu ciclo de concentração no Meridiano do Pulmão e segue a seguinte ordem: Meridiano do Intestino Grosso, Estômago, Baço-Pâncreas, Coração, Intestino Delgado, Bexiga, Rins, Circulação-Sexualidade, Triplo Aquecedor, Vesícula Biliar e termina no Fígado. Em seguida, o ciclo se reinicia, dia após dia.

Se seguirmos a ideia do relógio cósmico teremos uma vida com mais saúde e um corpo em pleno funcionamento. Saiba abaixo em qual horário cada meridiano recebe sua carga energética concentrada e quais as principais indicações para o período.

3h às 5h – Pulmão
É o primeiro órgão a acordar, pois é o responsável por levar a energia para todo o corpo. Também direciona o sangue e, principalmente, o oxigênio. Por conta disso, é o melhor horário indicado para a meditação, prática baseada na respiração.

5h às 7h – Intestino Grosso
O horário em que a maioria das pessoas acorda para iniciar o dia é também o mais indicado para esvaziar o intestino, já que concentrando energia ele está com sua potência máxima para expelir tudo aquilo que não é necessário para nosso organismo. Se seu intestino não costuma funcionar neste horário, é porque precisa ser estimulado.

7h às 9h – Estômago
Com a função de digestão, é o melhor horário para nos alimentarmos. Fazer um café da manhã reforçado neste período garante energia para o restante do dia. Caso a alimentação não aconteça neste horário, porém, pode acontecer o contrário e você se sentirá fraco pelas próximas horas.

9h às 11h – Baço
Em sequência à atividade do ciclo anterior, o baço irá usar todos os alimentos ingeridos e transformá-los em energia. Caso não consiga se alimentar no período anterior, aproveite este e não perca tempo. Garanta sua dose de energia diária!

11h às 13h – Coração
Um horário em que devemos fazer uma pausa, almoçar e relaxar o máximo possível. O coração não gosta de situações estressantes e também não se adapta a ambientes muito quentes. Então, neste intervalo, faça sempre o que estiver ao seu alcance para sair da rotina e aproveitar a calmaria.

13h às 15h – Intestino Delgado
A primeira hora dessa fase pode ser usada ainda para o almoço, mas na sequência é necessário evitar o trabalho pesado. A digestão está sendo feita e a energia também está se concentrando em ser gerada e distribuída para o restante do corpo. Assim como na fase do café da manhã, não se alimentar corretamente acarreta um cansaço extremo.

15h às 17h – Bexiga
Se bem alimentado e hidratado, este é o melhor período do dia para se dedicar a atividades importantes. Neste horário, temos um pico de energia e nos sentimos mais dispostos, vigorosos e até mesmo mentalmente estimulados e criativos.

17h às 19h – Rins
Na sequência do pico de energia começamos a sentir um declínio do vigor. O cansaço do dia começa a bater. Comer alguma coisa salgada pode estimular as funções dos rins e nos dar mais algumas horinhas de produtividade.

19h às 21h – Pericárdio ou Circulação-sexualidade
O horário é indicado para fazer atividades relaxantes ou relacionadas ao convívio familiar e amoroso. É neste horário que precisamos puxar o freio de mão nas atividades e induzir o sono, relaxar de todo o dia que tivemos e preparar o corpo para o merecido descanso.

21h às 23h – Meridiano Triplo Aquecedor
O período indicado para dormir. É um meridiano relacionado com diversos órgãos do nosso corpo, ativa a proteção e a gestão deles. O horário pode ter variação de alguns minutos de acordo com a estação do ano: mais cedo no inverno e mais tarde no verão.

23h à 1h – Vesícula biliar
Aqui o ato de dormir não é mais uma escolha, mas sim uma necessidade. Se o sono não for colocado em dia você sentirá automaticamente uma perda de energia instantânea.

1h às 3h – Fígado
O fígado é responsável pela capacidade de desintoxicação do nosso corpo, mas ele só consegue isso em repouso. Dormir ainda é a melhor forma de desfrutar deste período.

(Roberta Lopes – Equipe Eu Sem Fronteiras)

Categorias
Sabedoria Ancestral

Parábola das Tâmaras

Algo interessante e uma nota a se pensar…

Quem planta tâmaras não colhe tâmaras, isso porque as tamareiras levam de 80 à 90 anos para darem os primeiros frutos. Certa vez um jovem encontrou um senhor de idade plantando tâmaras e logo perguntou: porque o senhor planta tâmaras se o senhor não vai colher? O senhor respondeu: se todos pensassem como você, ninguém comeria tâmaras. Cultive, construa e plante ações que não sejam apenas para você, mas que sirvam para todos.

Nossas ações hoje refletem o futuro… se não é tempo de colher, é tempo de semear. 🕊 Nascemos sem trazer nada, morremos sem levar nada…
E, no meio do intervalo entre a vida e a morte, brigamos por aquilo que não trouxemos e não levaremos… Pense nisso: Viva mais, ame mais, perdoe sempre e realize ações que promova mais Felicidade.

“Que belo ensinamento pensou o filósofo desconhecido…”

 

Autor: Um Filósofo desconhecido…

Categorias
Sabedoria Ancestral

O ANIMAL SOMBRA

Todo aquele que pratica a viagem xamânica encontrará o Animal Sombra. Ele é, assustador e ameaçador, representando aspectos que julgamos ser negativos de nós mesmos. É a parte da psique que toca nos medos, segredos inconfessáveis, pensamentos sombrios.

O animal sombra mostra os limites pessoais que criamos por rejeitar a nossa espontaneidade. A parte que teme correr riscos, fazer mudanças e que diminui a nossa autoestima. Ou seja, o lado escuro da força, a sombra da alma, que expõe as fraquezas, vulnerabilidades, inseguranças e que força a usar uma mascara para obter poder.

O que é essa Sombra? Talvez a mais simples explicação é a de que existe um outro lado de nós mesmos, que pode ser consciente ou não. Geralmente é explicada como nosso lado negativo, obscuro.

A sombra pode fazer com que deixemos de ver o óbvio e assim  as pessoas podem viver um personagem, longe da essência, vivem a ilusão de serem algo que não são de fato, levando ao distanciamento do eu verdadeiro, da missão da alma e frustrações e, principalmente a complicações.

Um dos focos de atenção é não agir sem considerar as consequências, pois a sua sombra pode fazer você tomar decisões que depois se arrependerá.

A sombra armazena todas a emoções reprimidas, tais como raiva, inveja e ciúme, por isso é importante reconhece-la, amá-la e saber controla-la e lembrar sempre que a sombra é parte de você. Ela torna possível ser quem você é integralmente.

O Animal Sombra é uma presença semelhante a um pesadelo. Ele geralmente apresenta-se como o mais assustador animal ou ser, que você pode imaginar. O Animal Sombra nos testa. Eles têm chaves para nós, mas só através de provas que vai deixar o seu poder trabalhar com e para nós, em vez de contra nós.

Animais de Poder sombra são tão importantes e tão valiosos como um Animal de Poder. Lembre-se que é sombra, porque é inconsciente. Não podemos ver! . A Sombra opera principalmente em reflexo inconsciente, não é baseada em desejos instintivos sozinho, mas é uma soma de muitas partes, incluindo medo, raiva, impulsos reprimidos e necessidades, a dor do passado ainda não curada, resolvida e integrada, bem como nosso condicionamento da primeira infância.

Trabalho xamânico não é sempre divertido e leve. É um trabalho muito sério. Muitas vezes nós deixamos este templo, este círculo, em lágrimas, na confusão, frustrado ou leve e macio com muitas risadas. A sua sombra não tem que ser assustadora.

A sombra é aquilo que, inicialmente, você tem medo. O Animal de Poder sombra representa muitas vezes medos internos que você deve superar. Até que você enfrenta o medo da sombra. Os seus poderes podem muito bem trabalhar contra você, não deixá-lo voar. Quando você superar o medo da sombra Animal de Poder, torna-se um de seus aliados mais poderosos. Seu objetivo com um Animal de Poder sombra é aprender as lições e incorporar esse animal em sua vida. Se você está com medo por algo mais e mais, então você ainda não aceitou a lição que o animal tem para você. Eu tenho encontrado ao longo dos anos o meu conselho das sombras que tem sido inestimável para mim. Eu tenho sido capaz de ver minhas limitações emocionalmente, fisicamente e, sobretudo, espiritualmente.

Um Guia de Animais Sombra é aquele que invade-lo com medo. Seu propósito é ensinar uma lição que você não aprendeu com os erros repetidos por causa da ira, avareza, ganância, insegurança, ou outros pensamentos negativos. Um Guia Sombra vai voltar novamente e novamente tendo fortes sentimentos de medo até que sua mensagem é posta em prática ou uma mudança no estilo de vida ou ações são incorporados em sua vida.

Jornada para encontrar com o Animal Sombra

  • Á partir do Sagrado, libere seu corpo espiritual e se encaminhe para o Túnel do Mundo Profundo.
  • Quando passar o portal, peça ao seu animal de poder te levar até o Mundo da sua sombra pessoal.
  • Você perceberá a divisão entre os Mundos. Ao chegar no Mundo Sombrio, revivencie experiências onde percebeu a sombra em sua vida, vá se conectando com sua parte sombria que atraírá seu animal sombra.
  • Ao perceber a presença, comunique à sua imagem tudo o que a presença dele em sua vida lhe trouxe de problemas e aborrecimentos. E considere o desejo sincero de perdoar e lhe desejar um feliz retorno para casa.
  • Peça ao seu animal que a imagem dele apareça em sua mente a cada vez que sua energia for se manifestar, para que você possa ter uma decisão pelo espírito.
  • Envie amor e compaixão e estabeleça alianças positivas, baseadas nas virtudes.

O Guia de Sombra é poderoso. Ele pode ajudá-lo a superar o medo, trazendo a verdade e transformar o medo em um guia animal ajudante. No entanto, se ignorado o Guia de sombra pode se tornar perigoso e seus poderes terá um efeito negativo em sua vida. O Guia de sombra vive no mundo dos espíritos e geralmente chega durante um período de testes.

Léo Artese

Categorias
Sabedoria Ancestral

O PODER DAS MANDALAS

 

As Mandalas são uma parte da psique do homem em um plano de fundo cósmico, onde se pode revelar a estrutura profunda do espírito humano.

Categorias
Sabedoria Ancestral

CEBOLA DENTRO DO QUARTO?

Existem diversas sabedorias populares que afirmam que a cebola tem o poder de absorver doenças. Mas será que isso é verdade? Veja abaixo de onde surgiu essa história e o que a ciência diz sobre isso.

Cebola que absorve doença – a origem da história

A origem desta história vem do início do século passado. Em 1919, uma forte gripe estava acometendo a população mundial e matou cerca de 40 milhões de pessoas. Os hospitais já não conseguiam controlar a epidemia e muitas pessoas estavam infectadas. Um médico então ouviu falar de uma família de agricultores que, apesar de morar em uma vila onde muitos cidadãos estavam infectados, todos eles estavam livres da doença e afirmavam que a razão disso eram cebolas. Intrigado, o médico resolveu investigar. Ele chegou até a casa da família incrédulo, pois a ciência jamais apontaria para aquela solução como a razão da família estar saudável em meio ao surto de gripe.

O chefe da família mostrou ao médico que dentro de cada quarto da casa, havia uma cebola não descascada em cima de um prato. Ele pediu autorização para analisar as cebolas e também os membros da família. Daí veio a sua surpresa: dentro de cada cebola, havia o vírus da gripe. No sangue da família: nenhum vírus detectado.  Essa é a origem da lenda de que a cebola pode absorver doenças.

O que a ciência diz sobre isso?

Não existem dados que comprovem que a cebola pode, de fato, absorver doenças. Mas alguns apontamentos são verdadeiros, por exemplo:

  • As cebolas têm uma grande capacidade de absorver vírus e bactérias do ambiente. Por isso, muitas vezes não é indicado conservar cebolas abertas, mesmo que estejam embaladas e refrigeradas, pois elas ficam contaminadas facilmente.
  • As cebolas puras têm propriedades antibacterianas e antibióticas, sendo utilizadas muitas vezes no campo da dermatologia para desinfecção. Para isso basta passar um pouco do sumo da cebola na área a ser desinfetada.

As propriedades medicinais da cebola

Milagres e poderes de absorção de doença à parte, há muitas propriedades medicinais comprovadas na cebola.

  • É muito nutritiva pois é rica em sais minerais (flúor, enxofre, cálcio, ferro, magnésio, potássio, manganês e fósforo) e vitaminas (C, A e E);
  • Por causa de seus nutrientes, elas são importantes para estimular o metabolismo e promover a digestão, além de ter um poderoso efeito diurético;
  • A cebola possui também glucochinina, que é um hormônio vegetal com ação antidiabética;
  • É um excelente expectorante, especialmente quando combinado com o mel;
  • É um descongestionante para quem sofre de faringite e amigdalite;
  • Facilita a circulação do sangue, sendo importante para pacientes propensos a trombose.
  •  
Categorias
Sabedoria Ancestral

Entenda um pouco sobre o Temazcal ou Tenda Sagrada Xamânica

Temaskal ou Temaskali, também conhecido como sauna sagrada ou sweat lodge, INIPI, é um ritual das tradições dos índios norte-americanos e dos povos inca, maia e tolteca, é uma da mais bonitas e poderosas cerimônias nativas. A palavra é de origem maia que significa útero ou o ventre da Mãe Terra.

 

Também chamado de Tenda do Suor, Sauna Natural Sagrada ou Temaskali, é uma prática xamânica muito usada por diversas etnias indígenas, especialmente das regiões meso e sul americanas, onde habitaram os Maias, Astecas, Incas e Toltecas. O Inipi ou tenda tem a forma arredondada e com apenas uma abertura voltada para o leste, e um buraco na terra em seu centro. O ritual faz com que cada participante retorne ao útero da Mãe-Terra e, ao sentir o calor das pedras e o vapor da água, conheça melhor a si próprio, seus sentimentos, suas emoções e seus pensamentos. Assim, ao se purificar, todas suas relações passarão a ser diferentes.

É uma tenda para suar que tem um buraco ao centro, onde são colocadas pedras quentes, que antes foram esquentadas no fogo. Em seguida se coloca água sobre essas pedras, o que vai provocar um vapor a alta temperatura. O Temaskal consiste em criar um ambiente com vapor a alta temperatura. O que a difere de uma sauna comum, é a consciência e o respeito com os quais ela é praticada e por isso chama-se de “Sauna Sagrada”. 

 

A fusão das “Avós pedras” com o “Avo fogo” em profundo contato com a “Mãe Terra”  cria um ambiente onde a consciência pode se elevar deixando os medos para trás.

 

Essa tenda é composta por quatro portas, onde se colocam 7 pedras – chamadas de “Avos” – para a primeira porta e se adiciona a cada porta mais 7 “Avos”. Todo esse processo é feito com cantos, música, tambores, orações e incensos. Cada porta representa a purificação de um de nossos corpos, assim:

 

A primeira porta é para a purificação de corpo físico,

A segunda do corpo mental,

A terceira do corpo de Luz,

A quarta é o vôo, quando o Ser livre de cargas emocionais pode se conectar com sua essência ao estado puro.

BENEFÍCIOS DO TEMASKAL:

  • Temaskal permite aos participantes se liberarem de emoções presas e de enfrentar os medos inconscientes, permitindo assim a tomada de decisão do ponto mais cristalino do seu ser.

 

  • Renovação da pele ao favorecer a esfoliação superficial da mesma, ativando, ao mesmo tempo, a formação do manto ácido, tão importante na proteção de infecções cutâneas.

 

  • Descongestionamento das vias respiratórias, expansão dos pulmões e brônquios, com eliminação de toxinas acumuladas.

 

  • Aumento da circulação sanguínea, dilatando os vasos, e facilitando a eliminação do ácido úrico e do colesterol.

 

  • Efeito relaxante e estimulante do organismo, diminuindo problemas de stress, insônia, tensão nervosa, etc. Equilíbrio das emoções.

 

  • Ao realizar um Temaskal, limpamos nosso corpo, coração, mente e espírito do ritmo da vida cotidiana. Aumentamos nossa proteção sagrada, entramos em estado de meditação e unificamos com um propósito comum de harmonia com o planeta. No calor do Temaskal, o ego se enfraquece e começa a perder poder. Os medos, angústias recordações e coisas vividas vêem à tona para ser purificados. A entrada no útero da mãe terra é extremamente regressiva.

 

  • No escuro, ninguém julga ou observa; o silêncio, as músicas promovem um intenso sentir que abre o coração.

 

  • Uma grande descarga física e emocional vai de produzindo à medida que a sensação de liberdade vai se ampliando. O Temazcal é uma  chave para fazer consciente nosso sistema de crenças.

 

As forças vitais

Terra, Água, Vento e fogo são os elementos básicos das terapias no Temazcalli, elementos que não foram considerados inertes, mas dotados de energia vital e poder “conceber a natureza em analogia com o homem, mas mais poderosa eficazes, cada um deles combinados em si uma série de formas e características diferentes, por vezes, opostos. Essas forças além do controle humano encarnar, tornar-se compreensível em uma ampla gama de coisas que simbolizam: os donos das nascentes das colinas, cavernas, os senhores da chuva e relâmpagos. ”

Do ponto de vista da cosmogonia indígena o Temazcalli interage na geração de forças da vida: água, terra, vento e fogo, onde o equilíbrio da saúde e da perda de harmonia, a doença.

Note que o ponto de vista sobre as forças vitais, entre os grupos étnicos na Mesoamérica e América do Norte, são muito semelhantes nos dois grupos, cada um dos elementos que participam na cerimónia de vapor do banho santo tem um significado especial e um papel especial.

 

A terra

A Terra, cuja divindade é Tonanzin, nossa mãe, está presente em todos os lugares, como em seu suor. A Terra é uma entidade viva que reage ao comportamento dos homens, para que o relacionamento com ela não seja puramente mecânica, mas é estabelecida através de inúmeros ritos simbólicos, como o Temazcal. Tem a capacidade de absorver impurezas, é como um imã para tudo que é sujo e impuro para transformá-lo em seu laboratório, em seguida, transmutar, no sua alquimia. A cerimônia é meditar sobre como a Terra gira e leva todo o lixo que é jogado para retornar na forma de belas flores e frutos que nos alimentam. Devemos orar neste momento para Terra e perguntar, como tratamos nossa própria mãe, que absorve todas as impurezas que nos afligem, para aceitar todo o lixo acumulado e transformá-lo em algo útil e bonito.

 

Água

A água Atl Tlaloc, é dois terços do corpo humano, é o meio onde as reações químicas acontecem, é o recipiente de energia térmica e do ambiente que puxa para fora do corpo todos as reações metabólica. “A água é o elemento que proporciona a purificação, dá alimento, a fertilidade e o nascimento, isso se relaciona com os nove meses que passamos na água do ventre de nossa mãe.” Ela representa os seres trovão, que aparecem de uma forma terrível, mas que trazem benefícios. O encontro das águas com as rochas deitado no fogo é muito alto, e alguns vão sentir o intenso calor produzido, algo impressionante. Neste ponto é muito importante e necessária para concentrar-se na cerimônia e nas necessidades de cada um. É difícil orar, mais você vai sentir menos calor agora, ainda a vapor dos elementos purificam, curam e ajudam a viver com o grande espírito.

 

O ar

O ar “Ehecatl”, cuja divindade é Quetzalcoatl, sob a invocação de Ehecatl, transporta o oxigênio para as células para oxigenar o alimento e obter sua energia química, purifica o corpo também eliminando o dióxido de carbono. “Os cientistas podem explicar esse fenômeno de uma maneira sensata, mas para os nativos, o vapor de água e calor intenso, se chama comida de seu avô, o sopro do criador. Se uma pessoa se torna realmente pura, se você fizer um bom trabalho realizado e o contato com o sagrado, pode até ser que o grande espírito, naquele momento, envie uma luz para resolver o problema, dar a cada um de seus filhos, uma visão. Deve abrir os poros para suar na Temazcal; mas você tem que respirar tranquilamente pois ela pode te enfraquecer ou causar um desmaio. O temazcal limpa o suor. Deixe os pensamentos fluírem livremente, os sentimentos, para remover crostas e soltar o peso que estão na alma e mente intoxicadas. Descartar mágoas, perdoar, pedir desculpas, expressa a ansiedade … obrigado, confessar angústias internas, juntamente com o silêncio interior são expressões animadas que florescem no trabalho dentro do Temazcal . Quando a água é usada no Temazcal você pode entender o pensamento do grande espírito, que se estende na forma de vapor, para abastecer o seu poder e a vida de todas as coisas.

O incenso é um elemento muito importante para a preparação de um espaço sagrado, também, é um requisito básico para o preparo dos rituais e para condicionar os participantes convidados para a experiência mística e indução de transe espiritual. Isto porque o cheiro remete imediatamente para o sagrado, como no simbólico código cultural os aromas são associados com o divino. O cheiro está na memória dos povos, despertar memórias, causando essas sensações de prazer, pode promover diferentes sentimentos.

No caso de Temazcal, esta fumaça é usada para purificar o participante, antes de entrar no Temazcal, há um tipo de banho, limpar a fumaça sagrada, que é transmitido por todo o corpo, isto é para limpar, varrer as vibrações negativas que impedem que você se sinta bem.

 

O fogo

O fogo representada pela divindade “tetl” Xiuhtecutli, é a transformação de energia química em calor e luz. O fogo é como as coisas vivas, a relação entre matéria e energia. “O culto do fogo foi talvez o mais importante para os astecas e presidiu inúmeras cerimônias, sob a forma de incêndios. Esta cerimônia fomenta e integração da família. Na casa dos índios é o simbolismo do coração um elemento de unidade e coesão, de modo que aparece com destaque na casa, no meio da convivência da família. Com a presença do fogo implica que há vida em casa. Portanto, através deste elemento é mais fácil de entrar em comunicação com o mundo divino. Através do fogo as pessoas podem transmutar suas dores em felicidade, o mal à saúde e à doença. No Temazcal o fogo é representado pelas pedras quentes.

Em Temazcalli, terra, água, vento e fogo absorvem a energia negativa e transmuta em algo positivo. As moléculas individuais vibram em harmonia com as questões ambientais, uma situação que parece bem-estar físico e mental. A energia positiva e harmonia interior, e com o exterior são necessárias para a preservação da saúde ou recuperá-lo.

 

Existe alguma contra indicação?

Desaconselhamos a participação de pessoas que: ‐ passaram por procedimentos cirúrgicos recentes; ‐ possuem problemas cardíacos; ‐ sofreram agressões na pele recentemente, como queimaduras, tatuagens, piercing, etc.

Mulheres no período menstrual. Nessa tradição, guarda‐se um respeito por esse período. É dito pelos anciões que nesses momentos, o “poder pessoal” da mulher está voltada à direção da Terra (o Temazcal tem seu sentido voltado à direção do Céu). A menstruação é, segundo esses ensinamentos, uma “cerimônia individual” de doação de seu próprio sangue pela continuidade dos ciclos da vida. Nessa condição, em respeito à “cerimônia natural” do ser feminino, pede‐se que as mulheres durante seu período menstrual não partilhem da tenda.

 

 

 

 

Categorias
Sabedoria Ancestral

Pensamentos de um Lobo

“Quando olhar ao teu redor e ver o mundo como eu vejo, verás a verdade de Deus.”

 

 

Pensamentos de um lobo direcionada a um grupo de ovelhas, em meio a uma pastagem  calma e serena, onde o mesmo não tinha a mínima intenção em devorá-las.

Ñan qispinqa