Categorias
Autoconhecimento Sagrado Feminino & Masculino

‎”Não se nasce mulher, torna-se”

 

14

 

“Não se nasce mulher, torna-se” (Simone de Beauvoi)

Penso que Simone de Beauvoir aprofundou numa questão em “ser mulher”, num período dominado exclusivamente por homens, numa sociedade machista e altamente preconceituosa.

Nessa linha de pensamento percebemos a profundidade de suas palavras, pois as mulheres assumiram posições estratégicas nas quais possuem sem dúvidas talentos e aptidões para essas missões.

E podemos afirmar que em muitos casos, há mulheres que agem dentro de um comportamento masculino, e nos seus piores defeitos (vá lá que algum defeito masculino seja bom né), o que vem de encontro com as palavras de Simone de Beauvoir, “que ainda não se tornaram mulher”, e são cópias imperfeitas de uma imperfeição masculina.

Pois da mesma forma que havia uma sociedade exclusivamente machista e preconceituosa, hoje vemos mulheres agindo com a mesa atitude, não frente aos homens, no qual seria até razoável, mas não justificável perante toda a sensibilidade, inteligência e atitude mais espiritualizada que a mesma possui. Mas perante seus próprios pares, sobre a própria figura feminina, a mulher.

Esse fato é notado, na forma em que a mulher é conduzida por outras mulheres, no ambiente familiar, no trabalho, enfim nos relacionamentos humanos, em que elas são ensinadas a não contrariar seus “homens” (pais – – irmãos – avô – chefes – líderes religiosos – etc), e como também elas mesmas fazem uma descriminação e abuso do poder de um modo geral umas sobre as outras. Uma história triste e já conhecida pelos seus frutos, executada pela figura masculina.

Acredito que muitas já nascem “mulher”, outras realmente se tornam….pois nascem novamente…se libertam de uma opressão milenar….mas outras incorporam um personagem falido, mas que ainda domina precariamente pela força, pelo medo e pela omissão consciente masculina.

Hoje sinto a maior parte do movimento feminino equilibrando a balança, mas nossos olhos devem estar voltados nesses comportamentos ultrapassados e nocivos a toda humanidade, e isso independe realmente em estar numa figura feminina ou masculina, num corpo de macho ou fêmea, mas simplesmente numa postura de respeito,igualdade de direitos, aceitação e compreensão das diferenças e completude mútua que necessitamos para sermos felizes uns com os outros.

Ricardo Dih Ribeiro

Por Ricardo Dih Ribeiro

Estude a si mesmo, liberte-se de padrões limitantes, expanda a sua consciência. Mergulhe numa nova forma de pensar, compreender e sentir a si mesmo e tudo ao seu redor.

"Quando descobrires os segredos que estão nas profundezas do teu ser, conhecerás o seu destino e quando despertares os teus potenciais iniciará sua jornada"

"Que o Sagrado que habita em ti Revele-se, manifestando-se em Ti e em todo o Universo."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s